Faça parte do nosso mandato

   11 - 3886-6245    Estado de SP

HomeBlogNotíciasNove em cada 10 médicos tiveram saúde mental afetada na pandemia

Nove em cada 10 médicos tiveram saúde mental afetada na pandemia

Por conhecer essa realidade, Deputada Patrícia Bezerra defende que o SUS ofereça apoio psicológico online aos profissionais de saúde que atuam no enfrentamento ao coronavírus.

 

Atuar no combate ao coronavírus tem impactado a condição psicológica dos profissionais de saúde. É o que aponta estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) que mostrou que 9 em cada 10 médicos tiveram problemas de saúde mental no contexto da pandemia. A pesquisa consultou 1.829 profissionais de saúde no Brasil de 1 a 20 de março de 2021.

Os números indicam que a saúde mental dos médicos foi afetada negativamente pela pandemia em 85,4%, a dos profissionais de enfermagem em 85,1% e a dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias em 75,1%.

Por conhecer de perto essa realidade, a Deputada Patrícia Bezerra que é psicóloga apresentou Projeto de Lei 213/21, que cria o Programa de Suporte Emocional para os profissionais da saúde tanto para médicos, como enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem que atuam no combate ao coronavírus.

A Deputada Patrícia Bezerra ressalta que a iniciativa tem como objetivo oferecer apoio psicológico feito de maneira online aos profissionais de saúde que atuam em postos de atendimento para pacientes com Covid-19.

“E a nossa proposta é bem adequada já que prevê esse acompanhamento psicológico feito virtualmente o que pode ajudar a controlar as ocorrências de absenteísmo na área de Saúde”, conta a parlamentar ao explicar que os principais tipos de absenteísmo no setor são causados por doenças como falta de motivação, estresse e depressão.

A pandemia de Covid-19 não atingiu apenas pacientes e as famílias deles, ela tem posto em risco não só a saúde física, mas mental de toda a população e isso, claro, inclui sobremaneira os profissionais de saúde. O isolamento imposto pelas medidas para conter a propagação da doença, a crise econômica, o desemprego e a própria ansiedade em relação à contaminação são alguns fatores que colocam à prova o bem-estar psicológico de todos.

 

Para a Deputada Patrícia Bezerra “os profissionais de saúde que atuam no combate à doença necessitam de suporte para enfrentar esse inimigo invisível do coronavírus”, disse ao destacar a informação da Associação Brasileira de Psiquiatria de que a taxa de suicídio entre profissionais de saúde é de três a cinco vezes maior do que da população em geral.

 

Vale lembrar, que o mandato da Deputada Patrícia Bezerra já tem a marca da defesa de políticas públicas para garantir o direito à uma adequada assistência psicológica para: vítimas que sobreviveram à Covid-19 e aqui inclui os enlutados e parentes (PL 176/21) – que #AGORAÉLEI; crianças e adolescentes da rede estadual de ensino que também tiveram sequelas decorrentes dessa pandemia (PL 292/21) – que #AGORAÉLEI; policiais civis, militares e bombeiros vinculados à Secretaria da Segurança do Estado (PL 244/21). O Projeto de Lei 213/21 está em tramitação na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© Patrícia Bezerra2022.